domingo, 13 de novembro de 2011

Massa fresca verde e carne de vaca picada

Com a máquina nova em casa é claro que tenho de me aventurar em novas receitas... Há algum tempo atrás o meu pai comprou sementes de manjericão - não é o que se costuma ver, é de folhas mais largas e um pouco frisadas, mas igualmente aromático e fresco. Numa das visitas à quintinha dos meus pais trouxe um vaso com alguns pés de manjericão e finalmente dei uso às suas folhas.
Achei mais difícil de encontrar o "ponto" nesta massa, mas água aqui e farinha ali lá cheguei à consistência ideal para um belo tagilatelli e ainda umas placas de lasanha para uso futuro.
A massa serviu de acompanhamento a mais uma receita de carne de vaca picada que ficou deliciosa - com um nadinha de picante para contrastar com a frescura do manjericão.


Massa fresca verde (com manjericão) e carne de vaca picada


Ingredientes:

Para a massa:
  • 400gr de farinha de trigo
  • 1 chávena de folhas de manjericão (no fim de triturado deu 2 colheres de sopa)
  • 3 ovos
  • água q.b ou farinha q.b. conforme necessário
Para a carne picada:
  • 250gr de carne de vaca picada
  • 1/2 cebola picada
  • 50gr de toucinho fumado em cubos
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de louro (pequena)
  • 1 tomate chucha
  • 1/4 pimento vermelho (pequeno)
  • 1 cenoura pequena (às rodelas)
  • 1 alho francês (parte branca) pequeno às rodelas
  • azeite q.b.
  • vinho branco q.b.
  • pimenta preta, cayenna e noz moscada
  • sal q.b.
  • manjericão fresco picado
Preparação:

Para a massa fresca:
Juntar todos os ingredientes (a farinha, os ovos e o manjericão triturado) e amassar até que fique numa bola que se despegue das mãos. Acrescentar água ou farinha consoante o necessário para que a massa fique tipo plasticina. Embrulhar em película transparente e deixar repousar à temperatura ambiente. (Deixo repousar cerca de 45 minutos).
Entretanto pode preparar-se a carne picada.
Comecei por refogar o toucinho fumado com a cebola e azeite (muito pouco). Juntei de seguida o alho picado e deixei cozinhar mais um pouco. De seguida adicionei o tomate picado, o pimento, bem como a cenoura e o alho francês. Envolvi bem e refresquei com vinho branco. Temperei com as pimentas e a noz moscada e finalmente acrescentei a carne. Mexi bem e deixei cozinhar em lume brando. Só a meio da cozedura da carne é que temperei com sal. Mais tarde rectifiquei os temperos e deixei apurar lentamente.

Estava na hora de estender a massa...
O ideal é começar com um pedaço pequeno de massa e voltar a embrulhar a restante.
Amassar ligeiramente numa superfície enfarinhada e começar a passar pela máquina. O ideal é passar com a máquina regulada para a abertura mais larga várias vezes, dobrando a massa e enfarinhando sempre que necessário (se se sentir que está a está a pegar).


Quando a massa estiver no ponto (sem pegar e firme) pode ajustar-se a máquina até à espessura que se desejar.

Para o tagilatelli fiz quase na abertura mais fina, mas para as folhas de lasanha deixei um pouco mais espessa.
Esta quantidade de massa deu para uma refeição de tagilatelli para dois e ainda sobraram 6 placas de lasanha de 14*20cm, que congelei intercaladas com película aderente.


Agora o resultado da refeição de tagliatelli com massa fresca de manjericão... Reparem como ficou verdinha. Para uma melhor ligação da carne com a massa ainda acrescentei umas folhinhas de manjericão frescas, picadas. Estava divinal.
Venham mais experiências!

Vai uma garfada?

Versão para impressão

9 comentários:

  1. Bom dia querida Catarina. Ainda ontem fui à "CASA" para comprar a máquineta para a massa e vim pior que estragada pois estava esgotada, acreditas nisto??

    Mais uma receita que fica em lista de espera pois não vou desistir de a comprar

    beijinhos e bom DOMINGO!!

    ResponderEliminar
  2. Essa maquineta não pára... Eh pá, tás a dar-me vontade de a comprar tb.. lol
    Ficou excelente a tua refeição :)

    ResponderEliminar
  3. Olá...adorei essa receita e seu cantinho também...já sou seguidora,pois quero voltar em breve com mais calma pra conferir tudo que ainda não vi.
    Parabéns...
    Se quizer me visitar,vou adorar!!!

    Beijinhos

    http://viramexeefaz.blogspot.com

    Sharon

    ResponderEliminar
  4. Olá!

    Adoro massa, e de tanto ver o master chef, Austrália, fiquei com muita vontade de comprar umamáquina para a fazer. Agora que vi a tua o processo parece não ser muito difícil. A tua receita deve ter ficado mesmo boa.
    Ainda sou recente neste teu canto,mas prometo vir mais vezes.

    se quiseres dá uma espreitada no meu http://ideiassemfim.blogspot.com/. Encontras lá também coisas giras que faço com muito muito prazer.

    Bjs

    Rosa vouga

    ResponderEliminar
  5. Catarina... conheci hoje o teu blog e minha querida passei pagina a pagina, ingrediente a ingrediente... doce, salgado sei lá ... Adorei... ja me fiz tua seguidora....

    Sabes que vi essa maquina de pasta á venda olhei para ela e achei que nao me iria servir de muito??? Acho que me enganei!!!

    Beijocas

    http://tachosvspanelas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Catarina
    Este prato ficou um requinte, adorei! Ando tentada para adquirir esta máquina, um dia destes lá vai ter de ser ;)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do aspecto da massa.
    Esse prato ficou muito apetitoso.

    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Nossa, fiquei babando aqui com essa receita! Adoro massa verde!

    ResponderEliminar
  9. QUE LINDA RECETA LUCE EXQUISITA Y TENTADOPRA,ME QUEDO POR AQUÍ,ABRAZOS Y SALUDOS.

    ResponderEliminar

Se quiserem partilhar uma fatia...